Cursos Belo Horizonte: e-mail para helenacompagno@hotmail.com ou acesse na janelinha à direita

29 de junho de 2012

O casaco virou um roupão


Está inacabado por falta de tempo, mas na minha cabeça ele já está concluído e posso assegurar que ficou lindo, lindo, lindão...

25 de junho de 2012

Casaco com molde de roupão de banho

Gosto muito desse roupão de banho  por causa dessa golona (a modelo é minha filha, linda e delicada - mãe babona). Adoro golas. Quando via esse roupão pendurado no banheiro ficava imaginando que poderia ser usado como modelo para um casaco de inverno. Ah, não deu outra: comprei uma lã grossa, tricoline preta para servir como forro e mãos à obra. Não foi nada difícil retirar o molde, pois sou craque nessa técnica - acho que por isso ainda não senti necessidade fazer um curso de modelagem, pois só costuro o que gosto, enquanto que nesses cursos teria que ficar riscando diversos tipos de saias, de calças com preguinhas, coisas que certamente não teria nenhuma utilidade para mim. Sou prática, gosto de tudo rápido, mas bem feito, bonito, hein? Nada de qualquer jeito.

Pelo lado avesso, estendi o roupão na mesa de trabalho, coloquei papel grafit por cima e fui riscando por cima dos relevos das costuras. A golona é, na verdade, o capuz que, jogado nas costas dá ideia de uma gola. O roupão não tem forro, de forma que a costura do capuz fica à mostra. Não gosto. Gosto tudo embutido, escondidinho, por isso resolvi fazer forrado. A parte da frente é junto com o capuz o que leva uma boa quantidade de tecido, mas uma coisa que odeio é trabalhar com pouco tecido. Comprei logo 2 metros de forro e dois metros de lã - sobraram alguns retalhos apenas. O molde, depois de pronto, ficou assim:
Vejam como ficou a parte da frente, ligada ao capuz. A parte das costas do capuz é esse retângulo ao lado.

Domingo à tarde as temperaturas abaixaram aqui em Belo Horizonte e daí me animei a costurar o meu casaco para usar nas férias de julho na minha terra querida, geladinha nesses meses. Falo de São Paulo, a melhor cidade do mundo para quem ama; para quem odeia, a pior cidade do mundo.

À noite ele já estava pronto... 
 cinto preso com dois botões forrados(*)
Incluí bolsos laterais.  

O capuz visto pelas costas - nada de costura aparente
E não é que deu certo? prático, fácil, rápido e bonito, do jeito que gosto. Posso usar com saia em lã preta, cinza, chumbo; meia fumê, scarpin... posso usar com calça reta, com jeans, com legging... posso usar com tudo. Posso me agasalhar... e posso me sentir ótima, convencida, orgulhosa de mim, exibida. Até.

Achei fácil fazer e, para dizer a verdade, achei mais difícil forrar os botões. Vejam as primeiras tentativas como ficaram feios e grosseiros. Primeiro se embrulha o botão no tecido (a parte mais difícil), depois coloca-se dentro do orifício e pressiona a maçaneta da ferramenta. Se o botão não foi bem embrulhado, o tecido fica fofo, aparecendo as dobras. Fica feio. Estraguei um montão de botão para conseguir forrar apenas dois. 
Vou continuar tentando me aperfeiçoar mais, pois não desisto enquanto não chego à perfeição. 

16 de junho de 2012

Vestido de festa Junina...

OBS.: Não costuro por encomenda e também não ensino a costurar roupas no curso de costura para iniciantes - só roupas para vestir a casa.  Este vestido abaixo foi feito em aula quando, no início eu ajudava algumas alunas a fazer coisas simples, mas acabei abandonando essa ideia, pois mesmo simples, a maior parte da costura ficava sob a minha responsabilidade e não achava isso muito certo, pois a proposta do curso é ensinar roupas para vestir a casa, onde quem costura é a aluna.

.. a partir de uma camiseta!

Primeiro costurei  a saia, incluindo renda à barra, sobrepondo sianinha por cima (para encobrir a costura da barra), assim:

Depois da saia toda pronta foi a vez de enfeitar a camiseta, sobrepondo à manga pronta uma manga franzida no tecido xadrez. Costurei pelo avesso no ponto zig-zag, pois costura reta em malha arrebenta o ponto!
Nossa, chega de inventar. Uni as peças (camiseta com saia). Não foi necessário unir com costur de pregar 8 mimosos lacinhos feitos com fita de cetim, ornados com uma delicada pérola.





15 de junho de 2012

Avental (outro modelo)

Sexta-feira é o dia que escolhi para mim, para estar comigo, para eu ser minha, só minha. Geralmente costumo passar o dia inteiro fora, mas hoje subi para ajeitar o ateliê porque a faxineira não veio e acabei me enrolando por lá, inventando, copiando e modificando moda. Sim, tudo o que faço modifico.
Uma aluna trouxe um  avental bem gracioso para eu dar uma olhada (elas vivem me trazendo coisas). Achei fácil reproduzi-lo para poder introduzir no curso de costura para iniciante. Fácil, mas precisa ter capricho para ficar bonito. O original pecava pela falta de capricho nos detalhes, mas eu fui reproduzindo e transformando. Deu nisso:

inclui dois bolsos nas laterais

conjuguei bolinhas com listras e botões caramelos

inverti as listras dos bolsos


fiz alças mais largas


coloquei forro - ficou dupla face


passei, dobrei...


sugeri um presente...


E se quiser fazer um "agradinho" ao marido, principalmente se ele chegar do trabalho cansado, desejando algo para relaxar, vá lá servir um drinque vestida em seu novo avental. Detalhe: vista-o por cima de uma bela langerie (só langerie, nada de vestidão)
e sai rebolando com a bandeja na mão...

14 de junho de 2012

Aula de costuras iniciantes - atualizado abril 2017


Curso de costura para iniciante em Belo Horizonte 
atualizado  abril/2017

O curso de costuras para iniciantes é destinado apenas a ensinar a costurar "roupas para vestir a casa" e não pessoas. 
 Dou aulas INDIVIDUAIS para quem nunca costurou nada - para começar do zero. Mas também para quem já  sabe costurar e gostaria de se aperfeiçoar mais. 


Além do curso regular, com aulas semanais, também ofereço aulas avulsas, INDIVIDUAIS, durante a semana (horário comercial) ou aos sábados. Entre em contato para saber mais detalhes:

helenacompagno@hotmail.com ou pela página no FB, aqui: Minha Primeira Costura


TODOS OS ENXOVAIS QUE ENSINO SÃO MOSTRADOS NAS POSTAGENS DESTE BLOG ou no FB
Local: Próximo ao Shopping Paragem - Buritis. Fácil acesso de ônibus ou de carro.

OBS: Agora também curso de roupas com a minha filha. Veja aqui 

Aula de costuras iniciantes - atualizado junho 2017


Curso de costura para iniciante em Belo Horizonte 
atualizado  junho/2017


Novas turmas a partir de agosto/17

O curso de costuras para iniciantes é destinado apenas a ensinar a costurar "roupas para vestir a casa" e não pessoas. 
As aulas são individuais, uma vez por semana, com duração de duas horas cada aula.

As aulas acontecem nos seguintes dias e horários. Caso tenha interesse, favor entrar em contato para ver a disponibilidade.
e-mail helenacompagno@hotmail.com


Segunda-feira
08:00 às 10:00 -
10:30 às 12:30 - 
13:30 às 15:30 - 
16:00 às 18:00 - 
Terça-feira
08:00 às 10:00 - 
10:30 às 12:30 - 
13:30 às 15:30 - 
16:00 às 18:00 - 

Quarta-feira
08:00 às 10:00 - 
10:30 às 12:30 - 
13:30 às 15:30 - 
16:00 às 18:00 - 
Quinta-feira
08:00 às 10:00 - 
10:30 às 12:30 - 
13:30 às 15:30 - 
16:00 às 18:00 - 

Sexta-feira
08:00 às 10:00 - 
10:30 às 12:30 - 
 Sábado08:00 às 10:00 - 10:30 às 12:30 - 
TODOS OS ENXOVAIS QUE ENSINO SÃO MOSTRADOS NAS POSTAGENS DESTE BLOG
Local: Próximo ao Shopping Paragem - Buritis. Fácil acesso de ônibus ou de carro.

12 de junho de 2012

Alunas "graduadas"

Esclarecendo:
Atualmente só ensino a costurar roupas para vestir a casa, pois o curso é para iniciante. As peças abaixo foram feitas por aluna quando oferecia o módulo II. Desisti desse projeto, pois fugia à proposta do curso que é ensinar costuras para iniciantes.

"Oi Helena,
veja como minha produção anda crescendo.
Fiz mais um pijaminha lilás e duas camisas de
lãzinha para o frio que vem chegando, ficaram
perfeitas e certinhas no corpo.
Muitas saudades das nossas aulas.
Não se esqueça de mim.
Obrigada por tudo.
Abraços, Noeme."


4 de junho de 2012

Fronhas com bordas largas

Faz tempo procuro simplificar a maneira de fazer aquelas abas lindas em fronhas que vejo na Trousseau para ensinar às alunas, mas tudo o que via era complicado e demorado e daí fugia à proposta do curso básico para iniciante. Porém, revirando minhas caixas de tecidos encontro uma tricoline bem levinha que estava guardando para fazer uma camisa parecida com uma Dudalina (oh, que audácia a minha!). Logo imaginei dois travesseiros em cima da minha cama vestidos com roupa nova porque eu adoro inovar. O tecido que encontrei era grande, suficiente para duas fronhas com bordas largas, iguais as da Trousseau que namoro há tempos. Para uma fronha padrão, simples, o tecido deve ser cortado com 1.63 x 53 de largura, pois a fronha pronta deve ficar com 50x70 (envelope). Para que ela fique com essas bordas de 4 cm, o tecido deve ser cortado com 61 de largua x 1,79, ou seja, 4 cm em toda a borda depois de pronta. Essas fronhas são ensinadas no curso de costura.
aqui usei pontinhos decorativos com linha mais colorida. Esses pontinhos você faz com a máquina Janome 2008 
aqui usei linha da mesma cor - costura reta



3 de junho de 2012

Início vestido festa junina


Poderia ser um avental, não é? Mas é parte de um vestido de festa junina!!!! São dois tecidos (xadrez e  outro estampado) com uma renda sobreposta à costura. 
Semana que vem mostro o resultado.
Obs: não costuro por encomendas. Ensino costuras básicas, onde ensino a costurar roupas para a casa apenas.